terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Exposição: Universo da Etnia Toshi



Babaa em exposição na Sala Nordestepor: Comunicação - Representação Regional Nordeste do MinC, em Textos no dia 31/01/2012

A convite da Mundo Livre S/A, Derlon cria em ilustrações uma tribo high-tech ligada em biopirataria, copyleft e conectividade

A Sala Nordeste, no Bairro do Recife, recebe nesta quinta-feira, 2 de fevereiro, a exposição “A Fumaça do Pajé – O novo Mundo Livre”, um conjunto de ilustrações e desenhos do artista plástico Derlon, a partir da obra desenvolvida por ele para a arte do mais novo disco da banda Mundo Livre S/A. A exposição, que fica em cartaz até o dia 29 de fevereiro, é produzida pela Nuvem Produções.
Biopirataria, copyleft, conectividade, cibertecnologia e meio-ambiente são temas presentes em “Novas Lendas da Etnia Toshi Babaa”, disco mais recente da Mundo Livre S/A. Na parte musical, a banda de Fred 04 se encarregou de construir uma camada rítmica e dançante que combinasse com as mensagens em cada letra.

Mas e a parte visual? Como seria esta tribo Toshi Babaa da qual a Mundo Livre estava falando? Ficaria difícil apresentar em fotos os remanescentes desta etnia internética e interestelar. Coube então ao artista Derlon traduzir em ilustrações e desenhos o mais novo trabalho da banda, fazendo um retrato falado de como eram os hábitos e os comportamentos da tribo.

As ilustrações do disco, com parte dos personagens da etnia Toshi Babaa, no entanto, não ficaram restritos ao encarte físico do CD. Dando asas à imaginação, Derlon criou uma mitologia visual em cima do conceito do disco que se expandiu para imagens que podem ser vistas no site da banda e agora também na exposição “A Fumaça do Pajé”.

O preto e o branco da obra e da arte de Derlon se relaciona a um universo binário, onde os indivíduos vivem em uma sociedade interconectada ou interdependente da tecnologia. Da mesma forma que as letras de Fred 04 provocam uma analogia da vida tradicional com um pós-futuro cibernético, a arte de Derlon instiga ainda mais estas visões com pajés e curumins ligados em monitores e átomos plugados via USB. Para criar uma simbiose da intervenção urbana. Seu trabalho pode ser visto em painéis e muros pelo Recife e em trabalhos realizados em exposições e galerias de arte em diversas ocasiões.

Lupi volta, assume o PDT e diz que o Partido pretende continuar no Ministério do Trabalho

Carlos Fehlberg

Ex-ministro diz que tem legitimidade para dirigir Partido, mas ainda não há nome para ser indicado

O presidente do PDT, Calos Lupi, discorda da existência de uma divisão partidária tendo como causa sua volta à presidência do PDT. Seu mandato vai até 2013 e ele reassumiu no início do ano. Ele pediu licença após seu afastamento da Pasta do Trabalho. Mas não há unanimidade: um grupo de deputados rege ao seu retorno e, sobretudo, à forma como ele se operou, defendendo uma discussão prévia sobre o assunto.


Mas Lupi está decidido e reage: “Todo partido tem divergência isso é democracia. Tem gente que não gosta da gente. Toda unanimidade é burra. Estou à frente do partido, fui eleito, tenho legitimidade, disse ele numa coletiva apos a reunião da Executiva e do diretório do partido, em Brasília.

Continuar
Quanto ao Ministério do Trabalho, diz que o partido quer continuar no comando dele, não há nenhuma lista e a decisão cabe a presidente Dilma Rousseff:

- Nomes indicados pelo partido ainda não há. Temos que aguardar a presidente Dilma dizer o que ela quer, que tipo de perfil ela quer. Hoje referendamos que o partido apoia a base do governo, independente de cargos em ministério. Só não teve ainda uma conversa com discussão de nomes. Acho que [essa conversa] deve ser antes do carnaval. Mas isso depende da manifestação dela – reafirma Carlos Lupi. Mas se fala em dois nomes, por enquanto: Manuel Dias e o do deputado Vieira da Cunha. A pasta do Trabalho está sob comando interino de Paulo Roberto dos Santos Pinto desde a saída de Carlos Lupi.

Espera e especulações
Na reunião do diretório nacional do PDT, Lupi afirmou que os pedetistas que querem sua saída da presidência têm o direito de pedir sua renúncia, mas que não deixará o cargo antes de março de 2013, quando se encerra seu mandato. E reafirmou: "É democracia, não posso fazer nada. Tem gente que não gosta da gente, toda a unanimidade é burra, já dizia Nelson Rodrigues. Tenho condições totais", afirmou

Um grupo liderado pelo ex-deputado Vivaldo Barbosa apresentou um pedido de saída de Lupi da presidência e de Marcelo Panela, tesoureiro do PDT, que era seu chefe de gabinete no Ministério do Trabalho, mas a proposta não foi votada.

Carlos Lupi, presidente do PDT: Estou à frente do partido, fui eleito, tenho legitimidade.”

Decisão sai logo
Lupi adianta ainda que a presidente Dilma deverá decidir na próxima semana quem indicará para assumir o Ministério do Trabalho. "Estamos esperando a presidente dizer o que ela quer, qual o perfil.




O nome depende mais do perfil que a presidente quer do que da nossa vontade, diz Lupi. Segundo o dirigente do PDT “O partido decidiu que vai apoiar independentemente de cargos, mas o governo manifestou que quer o PDT no Ministério do Trabalho. Acho que o encontro vai ser na semana que vem, antes do carnaval. A partir do momento que o governo chamar, vamos lá conversar”, afirmou.

Marina volta
A ex-presidenciável Marina Silva reapareceu em bom estilo no Fórum Social em Porto Alegre, depois de uma fase de retraimento. Parecendo estar em ritmo de campanha, participou de sete debates e divulgou seu movimento "Nova Política", embrião do partido que, segundo aliados, pretende fundar com possibilidades de voltar a disputar a Presidência. A ex-senadora admitiu essa hipótese: "Se para ele continuar sendo relevante for necessário sair em 2014, eu peço a Deus que me dê coragem para fazer de novo, porque não é fácil enfrentar uma batalha como essa".

Ela insistiu e apelou aos movimentos sociais para que pressionem pelo veto às mudanças no Código Florestal e criticou o governo ao cobrar propostas para a Rio+20. "O Brasil precisa definir qual é a sua posição."

Pauta forte
Se o Senado tem uma pauta forte este ano, a Câmara não fica atrás. O retorno do recesso deve colocar em evidência duas importantes matérias: a votação das propostas de divisão de royalties do petróleo e a análise do projeto do novo Código Florestal.




Também a proposta do fundo de previdência complementar dos servidores públicos estará em pauta. Diante do envolvimento dos deputados com suas bases municipais neste ano eleitoral tudo indica que a Câmara tente cumprir a agenda mais forte, que incluem esses temas, até julho. O novo Código Florestal e a nova divisão dos royalties da exploração de petróleo foram aprovados pela Câmara em 2011, mas sofreram modificações no Senado, daí a nova apreciação.
Cultura Online Fevereiro 2012

Negrito
Continuam abertas as inscrições para a Escola Internacional de Cinema e TV de Cuba (EICTV)

A EICTV está com processo seletivo aberto para o curso regular 2012-2015, nas especializações Direção, Produção, Roteiro, Fotografia, Som, Documentário, Edição e a recém-criada TV e Novas Mídias. Serão selecionados de quatro a seis alunos do Brasil que irão fazer parte de um grupo de quarenta estudantes de todo o mundo.

O processo seletivo vai acontecer em cinco cidades: Belo Horizonte, Florianópolis, Recife, Goiânia e Belém, nos dias 16 e 17 de março de 2012. O início das aulas está previsto para setembro de 2012 e o término para julho de 2015. O processo de seleção para a Região Nordeste será em Recife com a coordenação da Fundação Joaquim Nabuco/CANNE.

Cada candidato fará duas provas escritas: uma de conhecimentos gerais e outra correspondente à especialização escolhida. Os estudantes aprovados nas provas passarão por uma entrevista oral no dia 17 de março. A comissão julgadora realizará uma pré-seleção indicando os melhores candidatos em cada área, que serão avaliados pelo Conselho Docente da EICTV em uma seleção final. O processo será realizado em português e os nomes dos selecionados devem ser anunciados na segunda quinzena de junho.

As inscrições acontecem até o próximo 10 de março e as informações sobre as condições de admissão, documentos necessário, cronograma da seleção e a ficha de inscrição você encontra no site da Fundação Joaquim Nabuco: www.fundaj.gov.br

Site oficial da Escola Internacional de Cinema e TV de Cuba: www.eictv.org

A Seleção EICTV 2010 – Brasil é uma realização da Associação Curta Minas / ABD-MG, Fundação Joaquim Nabuco / Canne – PE, ACINE – GO, SINTRACINE – SC e Instituto de Artes do Pará (IAP).

O Cinema da Fundação lança no Recife o filme Amores Imaginários
Devido ao sucesso alcançado na retrospectiva 2011/expectativa 2012 o filme Amores Imaginários será lançado no dia 3 de fevereiro no Cinema da Fundação. O filme dirigido por Xavier Dolan, conta a história de um triângulo amoroso envolvendo os amigos Francis (Xavier) e Marie (Mônica Chokri) que se apaixonam pelo mesmo rapaz, Nicolas (Niels Schneider), recém-chegado à cidade e que se torna motivo de disputa entre os amigos. Enquanto isso, depoimentos de terceiros sobre amor, traição e sexo permeiam a narrativa de forma documental.

Suspeita de propina derruba presidente da Casa da Moeda


Relatório sustenta que houve desvio por meio de empresas montadas no exterior

Dirigente afirma que relatório que o acusa é uma 'fraude' e que foi vítima de perseguição e armação partidária

JOSÉ ERNESTO CREDENDIO /ANDREZA MATAIS /NATUZA NERY
DE BRASÍLIA

O presidente da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci, foi demitido no sábado por suspeita de receber propina de fornecedores do órgão via duas empresas no exterior em nome dele e da filha.

A exoneração do servidor, indicado para o cargo pelo PTB em 2008, foi formalizada no fim de semana por um funcionário do terceiro escalão do Ministério da Fazenda e publicada ontem no "Diário Oficial da União".
Ela ocorre após ter chegado à Fazenda informação de que a Folha preparava reportagem sobre o caso.

Denucci relatou a auxiliares do ministro da Fazenda, Guido Mantega, ser vítima de uma armação partidária para tirá-lo do cargo, conforme a reportagem apurou.

Em uma das conversas, chegou a dizer que pediria demissão. Procurou Mantega, mas não foi atendido por ele.

No fim de semana, porém, o governo resolveu se antecipar à reportagem em apuração e o exonerou.

A Fazenda também trabalha com a informação de que o Ministério Público deverá entrar no caso.
As "offshores" dos Denucci foram constituídas nas Ilhas Virgens Britânicas, conhecido paraíso fiscal, em 2010, quando o servidor já comandava a Casa da Moeda.

A Junta Comercial de Miami, nos EUA, confirma a criação das duas empresas: a Helmond Commercial LLC, em nome do próprio Denucci, e a Rhodes INT Ventures, em nome da filha, Ana Gabriela.

Nos últimos três anos, essas "offshores" teriam recebido U$ 25 milhões de operações financeiras no exterior, segundo um relatório da WIT, companhia especializada em transferência de dinheiro com sede em Londres.

Denucci confirma a existência das empresas, mas nega ter feito movimentações financeiras com essas contas.

A WIT aponta que os valores são oriundos de pagamento de comissão feito por dois fornecedores exclusivos da Casa da Moeda, equivalente a 2% dos contratos firmados.
Procurada, a WIT diz ter sido contratada para realizar as transações por Jorge Gaviria, advogado em Miami e procurador dos Denucci.

Informou, ainda, que a movimentação está registrada em sua contabilidade.

Denucci admite conhecer o dono da WIT, a quem chama de primo, mas disse que o relatório é falso.

Apesar de indicado pelo líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes, Denucci foi abandonado pelo padrinho. "Ele tratou o partido como se não tivesse obrigações com ele", disse Jovair.

Enquanto o petebista trabalhava para substituí-lo, o governo resistia. Alegava bom desempenho do servidor e elogiava sua gestão: um lucro inédito de R$ 517 milhões em 2011.

No discurso de despedida proferido ontem para funcionários, Denucci atribuiu sua saída ao que chamou de perseguição implacável contra ele e sua família.

Denucci também é investigado pela Polícia Federal por suposta remessa ilegal de dinheiro do exterior para o Brasil. Ele não teria comprovado a origem de R$ 1,8 milhão depositado em sua conta no Brasil, em 2005.

O Ministério Público Federal também abriu inquérito e, em paralelo, investiga denúncia de direcionamento de licitação.
Em novembro, o Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) confirmou multa da Receita a Denucci devido a essa remessa.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Noticias

Artesãos de Garanhuns participarão da XVI FIART

A 16ª Feira Internacional de Artesanato de Natal (Fiart), será realizada até o dia 30 de janeiro no Rio Grande do Norte. Entre brasileiros e estrangeiros, o evento recebe 80 mil visitantes, anualmente.
Os envolvidos têm ainda consultoria do SEBRAE, através de cursos e capacitações. Os artesãos terão a oportunidade de expor as criações fora do Estado, além de poderem realizar contatos comerciais e vendas.

II FESTIVAL DE MÚSICAS DO CANGAÇO

Acontecerá no dia 28 de abril de 2012, na Estação do Forró, em Serra Talhada/PE, Terra de Lampião e Capital do Xaxado.
INSCRIÇÕES:
As inscrições das músicas poderão ser efetuadas pessoalmente, por e-mail ou via Correios, no período de 23 / 01 / 2012 a 10 / 03 / 2012.

Maiores informações, pelo E-mail: festivaldemusicasdocangaco@gmail.com

Prefeitura de Petrolina irá levar propostas de grupos de Petrolina para inscrição de Convocatória do Carnaval em Recife - deixar até terça-feira no Museu do Sertão‏

Os grupos, bandas e cantores que tiverem interesse em se inscrever, podem deixar o material conforme solicitado no edital no Museu do Sertão até às 17h de desta terça-feira, pois eu irei entregar as propostas pessoalmente na quarta-feira, último dia de inscrição. A Fundarpe pretende contratar 4 agremiações por dia no carnaval de Petrolina, além de 2 orquestras itinerantes e 1 atração de palco durante os 4 dias de Carnaval, que será de 18 a 21 de fevereiro. Por isso é importante que os grupos se inscrevam, pois já tem isto programado para contemplar os grupos da cidade. Jailson Lopes está orientando os grupos a se inscreverem no edital, ele se encontra da 8h às 17h no Museu do Sertão nesta segunda e terça-feira.

Turismólogo já é PROFISSÃO
A presidenta Dilma Rousseff definiu para uma categoria que lutava há anos, os turismólogos. Perguntas que ficaram: e a regulamentação dos Agentes de Viagem ? E o novo Plano nacional do Turismo ?

A Presidenta Dilma Rousseff assinou e o Diário Oficial da União publicou nesta semana, a Lei que regulamenta a profissão de Turismólogo no Brasil. A conquista da categoria é resultado da mobilização dos profissionais e estudantes de turismo junto ao Congresso Nacional, apoiados pela Abbtur (Associação Brasileira de Turismólogos) e instituições de ensino.

O presidente da Embratur, Flávio Dino, saudou a conquista Flávio Dino, que também atesta a crescente importância do turismo na sociedade e como pauta de governo. “Às vésperas da Copa do Mundo, quando o turismo deve movimentar R$ 9,4 bilhões na economia brasileira, é uma boa notícia que a profissão seja regulamentada. Seguiremos trabalhando, junto ao trade turístico, profissionais e estudantes em busca de novas conquistas que ajudem a colocar o turismo no lugar que ele merece no país, o de alavanca do desenvolvimento regional e com distribuição de renda”.

A Lei hoje publicada, estabelece que a profissão de turismólogo será exercida por pessoas diplomadas em curso superior de Turismo ou Hotelaria, no Brasil, ou em cursos superiores equivalentes frequentados no exterior. Permite, porém, que pessoas que exerceram a profissão ininterruptamente nos últimos cinco anos possam continuar a nela trabalhar. Determina ainda que o exercício da profissão de turismólogo tenha registro em órgão federal competente.

Dilma tem recorde no Datafolha e passa fim de semana com ministros

Carlos Fehlberg


Presidente acelera avaliação do governo reunindo a sua equipe
A presidente Dilma Rousseff atingiu no fim do primeiro ano de seu governo um índice de aprovação recorde. A pesquisa Datafolha, mostra 59% dos brasileiros considerando sua gestão ótima ou boa, enquanto 33% classificam a gestão como regular e 6% como ruim ou péssima. Ela supera o próprio ex-presidente Lula que alcançou 42% e 50%, respectivamente. O Datafolha ouviu 2.575 pessoas nos dias 18 e 19 de janeiro.


Presidente Dilma Rousseff cumprimenta populares em Angra dos Reis (RJ)/Foto: Roberto Stuckert Filho/PR


No fim de semana as atenções se voltaram para as reuniões com seus ministros. Nove deles e a Autoridade Pública Olímpica, Márcio Fortes, participaram de reunião no Alvorada para mais uma reunião setorial. A reunião debate temas ligados a grandes eventos que serão realizados no país nos próximos anos, como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.


Estão reunidos com a presidenta no Alvorada os ministros Alexandre Padilha, da Saúde, Helena Chaves, da Secretaria de Comunicação Social, Celso Amorim, da Defesa, Aldo Rebelo, do Esporte, Gleisi Hoffmann, chefe da Casa Civil, Gastão Vieira, do Turismo, Míriam Belchior, do Planejamento, Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência da República, e Jorge Hage, da Controladoria-Geral da União.

Crise econômica
No sábado, a discussão foi focada em economia e a crise internacional, e Dilma recebeu os ministros da Fazenda, Guido Mantega; do Planejamento, Miriam Belchior; da Casa Civil, Gleisi Hoffmann; da Defesa, Celso Amorim; das Relações Exteriores, Antonio Patriota; e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel.
Social, antes


Antes, a temática social foi o foco da primeira reunião setorial, na quinta-feira, quando foram discutidas metas para o Plano Brasil sem Miséria e para os setores de educação e saúde. Na sexta, entraram na pauta temas relacionados à infraestrutura e logística, energia, pré-sal, comunicação e desenvolvimento sustentável, com foco nos setores da indústria, agricultura, defesa comercial e inovação.

Marco Antonio Raupp, novo ministro: “Tenho absoluta consciência da exigência sem precedentes para que a ciência, a tecnologia e a inovação contribuam de forma essencial para o desenvolvimento social e econômico do Brasil”.

Novo ministro
Técnico, Marco Antonio Raupp assume nesta semana o Ministério da Ciência e Tecnologia. Ele é presidente da Agência Espacial Brasileira e foi escolhido pela presidenta Dilma Rousseff para substituir Aloizio Mercadante, que vai para o Ministério da Educação.


Dependência e medidas
Os senadores Ana Amélia Lemos e Wellington Dias acompanham com ressalvas a ação repressiva na região da Crocolândia na questão da dependência química. Acham que medidas pontuais podem ser úteis se integradas ao tratamento e reinserção social dos dependentes.


Desde a primeira semana do ano, a Prefeitura de São Paulo e o governo estadual promovem uma operação na Cracolândia, com forte presença policial e marcada por confrontos, prisões e desocupação de imóveis. A operação tem recebido críticas por se concentrar na repressão ao consumo e ao tráfico do crack. As autoridades, por sua vez, alegam que oferecem infraestrutura de saúde e assistência social para prestar apoio aos viciados.
Wellington Dias, segundo agência Senado, afirma que não basta investir em iniciativas repressivas. Ele alerta para a necessidade de atenção especial ao tratamento e à reinserção social dos dependentes químicos.


- É preciso, de um lado, combater a produção e a venda, e, de outro, reduzir o consumo. Quando você ataca uma região da cidade, mas não resolve a raiz do problema, essas pessoas mudam de lugar, porque elas não deixam de existir. É preciso prevenir, tratar e reinserir esse dependente químico na família dele, na comunidade dele, no emprego, na escola - diz o senador, que presidiu a Subcomissão Temporária de Políticas Sociais sobre Dependentes Químicos de Álcool, Crack e Outras Drogas.

Internação
Senadora Ana Amélia/Foto: Pedro França/Agência Senado
Na opinião de Ana Amélia, autora do relatório final da subcomissão, táticas isoladas como a adotada em São Paulo são necessárias, mas não resolvem de fato o problema: “Praticamente todos os municípios convivem com essa chaga. É necessário não só o engajamento do Congresso e do governo, mas de toda a sociedade, e atitudes mais enérgicas contra o traficante”, diz a parlamentar. Ela também se diz favorável à internação involuntária e compulsória dos dependentes.


Segundo a senadora, pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Municípios demonstra que os municípios sem ajuda das demais esferas de governo não têm condições de enfrentar o avanço das drogas e de oferecer serviços públicos de recuperação de dependentes que sejam condizentes com as necessidades locais. .

Estratégia
José Serra pediu a Aloysio Nunes, Alberto Goldman e José Henrique Reis Lobo, seus principais articuladores, empenho em favor de Andrea Matarazzo nas prévias do PSDB paulistano. Tentam a indicação tucana, os secretários estaduais Andrea Matarazzo (Cultura), Bruno Covas (Meio Ambiente) e José Aníbal (Energia) e o deputado federal Ricardo Trípoli. As prévias do partido estão marcadas para o dia 4 de março.


Kassab enfrenta problema para alianças este ano em São Paulo

No PT começam a surgir dificuldades e no PSDB com Serra fora fica difícil
Setores da base do PT de São Paulo estão reservados diante de negociações com o Partido dirigido pelo prefeito Gilberto Kassab prospere. Essa possibilidade cresceu na semana passada, mas não evoluiu ainda. O prefeito Gilberto Kassab quer fortalecer seu novo PSD com uma composição com o PT, diante de dificuldades em aproximar-se do PSDB, onde seu principal aliado, José Serra, não pretenderia concorrer. Os tucanos já se preparam para uma prévia que indicaria o candidato. De repente Kassab poderá sentir problemas de composição com o PT, depois de já ver anuladas as chances com o PSDB que fará prévias.


Enquanto isso
A direção do PSDB paulista, ligada ao governador Geraldo Alckmin, decidiu abrir mão de candidaturas do partido em cidades importantes do Estado em favor do PSB, aliado que os tucanos querem atrair na capital e nas eleições de 2014.


Brasileiro no exterior vota
Uma novidade:
a proposta de emenda à Constituição que permite aos brasileiros residentes no exterior votar e eleger seus representantes na Câmara dos Deputados deverá ser votada, afinal.. Autor da proposta, o senador Cristovam Buarque cita a estimativa de que há três milhões de brasileiros morando fora do país Para tornar isso possível, o texto sugerido por Cristovam prevê a criação, no exterior, de circunscrições eleitorais especiais.


No momento, os brasileiros que vivem fora do país podem votar apenas para presidente da República. Cristovam argumenta que tal situação "pode favorecer o distanciamento entre cidadãos do Brasil e o seu país, quebrando os vínculos políticos, sociais e afetivos que ligam a pessoa à sua pátria". Também afirma que países como Portugal, Espanha, França e Estados Unidos permitem, "de diversas maneiras", o voto dos cidadãos que se encontram no exterior.


Em março de 2009, segundo a agência Senado, representantes de brasileiros que moram em Massachusetts, nos Estados Unidos, vieram apoiar a proposta e pedir urgência em sua votação. A emenda de Cristovam acrescenta um parágrafo ao artigo 45 da Constituição (que trata da Câmara dos Deputados), para determinar que "a lei disporá sobre a instituição de circunscrições eleitorais especiais para a eleição, pelo sistema majoritário, de representantes dos brasileiros residentes no exterior".

Cristovam Buarque sobre votação de brasileiros no exterior: "vai favorecer o distanciamento entre cidadãos do Brasil e o seu país.”


ONU prestigia
A ONU anunciou a escolha do secretário de Biodiversidade e Floresta do Ministério do Meio Ambiente, Bráulio Ferreira de Souza Dias, para o cargo de Secretário Executivo da Convenção sobre Diversidade Ideológica da ONU. Ela ganha importância por ocorrer no ano em que o Brasil sediará a convenção Rio+20, conferência que vai debater o desenvolvimento sustentável. A escolha foi feita pelo secretário-geral da ONU, Ban-Ki-moon. O mandato é de quatro anos, tempo em que terá trabalhos voltados para a implementação dos programas, planos e estratégias da convenção, além de protocolos, como o de Nagoia, que trata sobre acessos a recursos genéticos e repartição dos derivados e suas utilização.


Petrobras muda
O presidente da Petrobrás, José Sério Gabrielli, vai deixar o cargo, segundo o líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira. Gabrielli seria substituído por Maria da Graça Foster, que atualmente exerce o cargo de diretora de Gás e Energia da estatal. A troca poderá ocorrer em fevereiro, na primeira reunião do ano do conselho administrativo da estatal.

Prefeitura de Granito divulga atrações da Festa de Nossa Senhora do Bom Conselho

As atrações da Festa de Nossa Senhora do Bom Conselho, Padroeira do município de Granito (Sertão do Araripe), foram divulgadas oficialmente nesta segunda-feira (16)
O evento que é realizado pela Prefeitura de Granito e tem apoio do Governo do Estado, através da Empetur, acontece no dia 04 de fevereiro.
Fábio Carneirinho, Leonardo de Luna, Danilo Pernambucano, Donizete Batista, Claudiana de França, Raízes do Brígida. A dupla Pedro e Thiago (filhos dos sertanejos Leandro e Leonardo) também se apresentarão no evento.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Um texto que vale apena ser lido

Guilherme Fiuza -extraido da revista época




Lupi, o injustiçado

Carlos Lupi caiu. Seja qual for a verdade dos fatos que provocaram sua queda, ele foi injustiçado.

O ministro do Trabalho construiu uma rede de promiscuidade com ONGs companheiras, envolvendo pelo menos 280 milhões de reais em convênios voadores.
Não foi demitido por isso.


Andou em avião arranjado pelo dono de uma dessas ONGs, em missão oficial.
Não foi demitido por isso.




Mentiu descaradamente à presidente da República, dizendo que nunca entrara no tal avião.
Não foi demitido por isso.

Desafiou publicamente a autoridade da presidente, afirmando que só sairia do Ministério abatido à bala.
Não foi demitido por isso.

A bala finalmente acertou-lhe a cabeça, quando a Comissão de Ética Pública da Presidência recomendou expressamente a Dilma Rousseff a sua demissão, pelo conjunto da obra.
Não foi demitido por isso.

A preservação do cargo de Carlos Lupi ao longo de toda a sua temporada de achincalhe aos bons costumes foi garantida, bravamente, por Dilma e Lula – a turma do casco duro.
Todos os envolvidos na investigação da cachoeira de delitos no Trabalho – Ministério Público, imprensa, Polícia Federal, Controladoria-Geral da União, Comissão de Ética Pública – foram desautorizados pela firme decisão da presidente Dilma de prestigiar o delinquente.



Depois de tão brava resistência do governo popular contra a conspiração das elites, um passarinho vai ao ouvido do ministro dizer-lhe que ele não passa de segunda-feira.
Não é justo.


Carlos Lupi deveria botar a boca no trombone, denunciando a incoerência de seus ex-chefes, em contradição com as boas práticas do fisiologismo.

Não é possível que um ministro tão falante vá se calar logo agora. Fale, ex-ministro. O Brasil finalmente quer escutá-lo.


Bezerra e a chuva (de votos)
13:28, 13/01/2012 gmfiuzaGeral Tags: Bezerra, corrupção, dilma, Eleições, Gastos públicos
O Senado refrescou Fernando Bezerra porque a perseguição a ele é injusta.

O ministro da Integração Nacional não se afastou um milímetro daquilo que o governo popular espera de seus gestores: não desperdiçar o cargo público para fazer política partidária.

Vejam o caso do ministro da Educação, Fernando Haddad, que atingiu praticamente a perfeição. No momento em que Haddad esvazia as gavetas no ministério para sair candidato a prefeito de São Paulo, estoura o enésimo escândalo do Enem.

O mais novo erro do MEC garfou 880 pontos de um estudante de 17 anos – morador da cidade que o seu algoz quer governar.

A prova de redação da vítima levou nota zero, com a justificativa de que o texto fugiu do tema proposto. A família do aluno só conseguiu o reconhecimento do erro porque foi à Justiça.

A correção de dezenas de provas de redação está sob suspeita. Mas esses alunos não devem se preocupar: basta entrarem com um processo judicial, que o MEC reconhece que fugiu do tema e devolve a nota roubada.

Após três anos consecutivos de pegadinhas do MEC de Fernando Haddad, os candidatos do Enem aprenderam que precisam se preparar melhor. O estudante moderno já sabe que não será ninguém sem um bom advogado.

Nesse meio tempo, o ministro Haddad não fugiu do tema: fez política o tempo todo. Usou o cargo para aparecer na imprensa (com jóias como o natimorto kit gay para a educação infanto-juvenil), fez a campanha presidencial de Dilma Rousseff, tentou se popularizar defendendo livros com erros de português, pavimentou sua candidatura a prefeito.

É um formidável índice de aproveitamento do cargo público com fins privados.

Não é à toa que o ministro Aloísio Mercadante quer herdar sua cadeira no MEC. E tem currículo para isso.

À frente do Ministério de Ciência e tecnologia, Mercadante fez belos comícios na época da tragédia na região serrana do Rio. Era o que bastava, porque acidentes climáticos dessa monta levam anos para se repetir.

Só para implicar com o PT, São Pedro repetiu a dose um ano depois.

Mas o ministro não se omitiu: prometeu aos flagelados em Minas Gerais e no Rio uma “força-tarefa de geólogos”. Alívio geral.

O Brasil precisa entender que esses ministros militantes têm uma agenda cheia demais para ainda terem que bolar programas sérios de infra-estrutura.

O ministro das Cidades, por exemplo, está há meses trabalhando duro para fugir do tema das irregularidades de que é acusado e se segurar no cargo. Não se pode exigir que, além disso, ele ainda faça hora extra com políticas públicas.

Por tudo isso, a perseguição ao ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra é injusta. Ao repassar 90% das suas verbas contra enchentes para Pernambuco, ele obedeceu rigorosamente à doutrina do governo popular.

E ela é muito simples: não importa onde a chuva cai, mas onde o eleitor vota.

Os incomodados que se mudem – ou abram o guarda-chuva.

Costa Concordia vista do espaço

da Redação Época
A Digital Globe é uma empresa particular que produz e fornece imagens de satélite para uso comercial e estratégico. De vez em quando, porém, ela aponta as câmeras de seus satélites para lugares específicos do planeta, com a impressão que o fazem só para promoção da marca. Quem liga? Quando eles fazem isso, temos imagens impressionantes como essa aqui, abaixo. Trata-se do navio Costa Concordia, que naufragou em águas italianas durante um cruzeiro e deixou mortos e feridos. Assim, do alto, nem parece o palco de uma tragédia – a licença poética do espaço sideral.




Muriçoca do Miramar faz a festa de carnaval com Luiza


Luiza, que está no Canadá, vira frevo de bloco carnavalesco
(bruno Ferrari da revista epoca)

Você já deve ter ouvido falar (ou até está cansado de ouvir) sobre a brasileira Luiza, que está no Canadá.

Ela virou um hit da internet depois que o seu pai, Gerardo Rabello, um colunista social da Paraíba, aparece num comercial de um empreendimento imobiliário dizendo que ali é o “novo endereço da sociedade paraibana” e que por isso decidiu reunir toda a família, “menos Luiza, que está no Canadá.” Assista ao vídeo da propaganda.

O bloco carnavalesco Muriçocas do Miramar não perdeu tempo e já criou a marchinha Luiza que está no Canadá. Tem tudo para ser o hit do próximo carnaval aqui no Brasil. A letra é divertida e o ritmo contagia.

A música também deverá tocar na festa de recepção de Luiza, que volta do Canadá no dia 31 de janeiro. O evento “Recepção à Luiza que vem do Canadá” tem mais de 18 mil confirmações de presença.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

São Paulo terá uma grande festa de aniversário

Aniversário de SP terá show de despedida do Exaltasamba, no Anhembi


O aniversário de São Paulo é sempre um evento que mexe com paulistanos de todas as partes. E, na comemoração dos seus 458 anos, uma grande festa está programada para o Anhembi.

Um feriado de 25 de janeiro (4ª feira) que vai entrar para a história porque marcará também a despedida do Grupo Exaltasamba dos palcos de SP, depois de 25 anos de sucesso.

Serviço

Data:
25/jan/12 (4ª feira)

Horário:
Abertura dos portões às 12h.
Shows a partir das 16h

Local: ANHEMBI PARQUE
Pavilhão de Exposições
Av. Olavo Fontoura, 1209
Veja mapa

Estacionamento:
Portão (5)
R. Marechal Leitão de Carvalho
carros R$30 | motos R$20

Ingressos:
R$ 50 Pista
R$ 100 Área Vip Lounge

Convocatória do Carnaval garante a valorização das matrizes da cultura pernambucana

Gestores da Cultura e do Turismo apresentam convocatória para o Carnaval 2012

O Governo do Estado de Pernambuco lançou nesta terça-feira (17) a Convocatória para o Carnaval 2012. Como forma de propiciar ainda mais a integração das políticas de cultura e de turismo do Estado, a realização da festa será uma ação conjunta das secretarias da Casa Civil, Cultura/ Fundarpe e Turismo/ Empetur.


O objetivo da Convocatória é promover a circulação de artistas, bandas, orquestras e agremiações carnavalescas nas quatro macrorregiões do Estado de Pernambuco, com apresentações nas seguintes cidades polo: Águas Belas, Arcoverde, Belém do São Francisco, Bezerros, Catende, Goiana, Ipojuca, Itamaracá, Jaboatão dos Guararapes, Nazaré da Mata, Paudalho, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro, Surubim, Tamandaré, Timbaúba, Trindade, Triunfo e Vitória de Santo Antão. “A convocatória, além de estabelecer um processo mais transparente e democrático de construção da grade de atrações, garante a valorização das matrizes do carnaval do Estado”, explica o secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa.

A partir desta quarta-feira (18) até o dia 25 de janeiro, artistas e produtores culturais de todo o país poderão apresentar suas propostas nas modalidades: Atração Nacional, Atração Estadual, Cortejos Carnavalescos e Orquestras Itinerantes de Frevo. “A inclusão dos cortejos carnavalescos e orquestras itinerantes fortalecem e incrementam o carnaval de rua, de chão, que em muitas cidades vem perdendo força. O Governo do Estado, como indutor da política cultural, deve promover o carnaval em todas as suas dimensões”, explica o secretário de Cultura, Fernando Duarte.

As propostas serão habilitadas e selecionadas por uma comissão formada por sete pessoas: três da Secretaria de Cultura/ Fundarpe, três da Secretaria de Turismo/ Empetur e uma da Casa Civil. A escolha das propostas levará em consideração o mérito artístico de cada atração que, por sua vez, será distribuída de acordo com o perfil cultural de cada cidade polo. O Governo do Estado reservará uma cota de 20% do total da programação para artistas e grupos convidados.

As inscrições serão feitas do Teatro Guararapes, no Centro de Convenções, das 9h às 18h. Sábado e domingo, das 9h às 13h. O resultado da Convocatória será no dia 30 de janeiro. O edital da convocatória está disponível nos sites www.setur.pe.gov.br e www.fundarpe.pe.gov.br.

Mais informações: (81) 3184.3110

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Festa São Sebastião Altinho


CONVITE


Prefeitura Municipal de Altinho
Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes


A Prefeitura Municipal de Altinho através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes convidam toda população de Altinho e região para participarem da Festa de São Sebastião da Vila Guaraciaba (Antiga Cabeleira), neste sábado dia 21, a partir das 20hs, com a Banda Labaredas.

A Copa do Mundo poderá ter lei contra terrorismo e outros crimes

Carlos Fehlberg -Politica para Político

Antes mesmo de uma medida do Planalto, senadores decidem propor uma legislação

Já existe proposta na Câmara Federal evolvendo medidas visando a Copa do Mundo, antes mesmo da discussão do projeto de Lei Geral da Copa. Os senadores Marcelo Crivella, Ana Amélia e Walter Pinheiro apresentaram projeto de lei para tipificar crimes e estabelecer penas exclusivas para delitos praticados durante a Copa das Confederações de 2013 e a Copa de 2014. Agora, a proposta aguarda voto do relator Álvaro Dias na Comissão de Educação, Cultura e Esporte. O projeto, segundo a agência Senado, cria oito novos tipos penais que não constam no Código de Processo Penal brasileiro, como "Terrorismo", "Violação de sistema de informática" e "Revenda ilegal de ingressos", e determina penas específicas para eles. Elas valeriam a partir de três meses antes do início de cada competição.

Debate sobre a Copa do Mundo: Senadores Ana Amélia, Marcelo Crivella e Walter Pinheiro
Os senadores argumentam, segundo agência Senado, que os tipos penais idealizados no projeto de Lei Geral da Copa enviado pelo Executivo ao Congresso são voltados exclusivamente à proteção de interesses dos organizadores, patrocinadores e participantes dos eventos, deixando de lado a tipificação de uma série de delitos, necessária para garantir a segurança durante os jogos. Por isso, o objetivo do projeto, segundo seus autores, é garantir a segurança dos participantes e dos torcedores, e resguardar os direitos dos consumidores.

E mais-1 (terrorismo)
O texto também define também o crime de terrorismo como o ato de provocar terror ou pânico generalizado mediante ofensa à integridade física ou privação da liberdade de pessoa, por motivo ideológico, religioso, político ou de preconceito racial, étnico ou xenófobo. A pena será de no mínimo 15 e no máximo 30 anos de reclusão.

Em caso de morte, a pena mínima passa a ser de 24 anos. E vai além: o projeto determina que quem cometer crimes contra integrante de delegação, árbitros, voluntários ou autoridades públicas ou esportivas, nacional ou estrangeira com o fim de intimidá-lo ou de influenciar o resultado da partida de futebol poderá pegar entre dois e cinco anos de prisão. Crimes praticados na internet, como "violar, bloquear ou dificultar o acesso a páginas da internet, sistema de informática ou banco de dados utilizado pela organização dos eventos" terão pena de um a quatro anos de prisão, além de multa.

E mais-2 ( estádios)
E tem mais: a proposta fixa também infrações e penalidades administrativas como multa de um a 20 salários mínimos e proibição de entrar em qualquer estádio de futebol no Brasil pelo prazo de dois anos para quem "entrar no estádio de futebol com objeto, indumentária ou instrumento proibido pela organização dos eventos". A mesma pena, segundo a agência, será aplicada ao torcedor que invadir o campo durante as partidas, que arremessar objetos no campo ou fizer uso de credencial que pertença a outra pessoa. Para quem falsificar credencial para entrar no estádio ou em nas áreas de acesso restrito a pena é mais dura: de um a cinco anos de prisão, além de multa.

Problemas
Quanto aos cambistas, aqueles que forem flagrados revendendo ingressos com valor superior ao oficial serão presos e poderão pegar de seis meses a dois anos de prisão, mais multa. A pena será aumentada pela metade se o crime for praticado nas redondezas do estádio, na véspera e no dia das partidas ou por meio da internet.

Atividades chaves
Para evitar a interrupção de serviços ou atividades consideradas de especial interesse social como segurança pública, transporte coletivo, assistência médica e hospitalar e controle de tráfego aéreo durante a realização dos eventos, foram apresentadas limitações para o exercício do direito de greve nas cidades-sede.

No caso de deliberação favorável à paralisação coletiva de categoria que desempenha tais serviços ou atividades, o projeto estipula a necessidade de comunicação, com a antecedência mínima de quinze dias, à entidade patronal, aos empregados e aos usuários, e a manutenção de, no mínimo, setenta por cento da força de trabalho.

Rui Falcão, presidente do PT sobre relações com a CUT: “Era natural que quisesse uma aproximação maior com esse povo. O PT precisa ter suas lutas mais próximas dos movimentos.”

Servidores substitutos
Está prevista também a contratação de servidores substitutos para o atendimento das necessidades inadiáveis da população e dos serviços, cuja paralisação resulte em prejuízo irreparável. Pela proposta, é também vedado aos grevistas impedir o acesso ao trabalho de substitutos, devendo o Poder Público garantir esse acesso ou realizar a prestação direta dos serviços. A inobservância dessas normas ou a manutenção da paralisação após a celebração de acordo, convenção ou decisão da Justiça do Trabalho, constituirá, conforme o projeto, abuso do direito de greve, devendo a sua responsabilidade ser apurada na forma da legislação trabalhista, civil ou penal.

PT adota estratégia
O PT intensificou nos últimos meses seus contatos com os movimentos sociais na tentativa de aglutinar forças além do campo institucional para levar adiante projetos estratégicos e, sobretudo, confrontar o PMDB, o seu sócio de maior peso no condomínio do governo da presidente Dilma Rousseff.

Com sindicatos, movimentos sociais e manifestações populares, os petistas acreditam que poderiam desequilibrar a atual correlação de forças entre os dois partidos, inclusive nas eleições municipais deste ano, território onde o PMDB historicamente apresenta bons resultados: em 2008, os peemedebistas elegeram 1.207 prefeitos contra 558 prefeitos petistas . Outra ação será utilizar a pressão das entidades organizadas para fazer avançar no Legislativo e no Executivo projetos e discussões sobre temas em que o PMDB é frontalmente contra o PT, como a redução da jornada semanal de trabalho, por exemplo.

Estrangeiros
O deputado Roberto Freire acredita na eficácia de medida que se destina estimular naturalização de estrangeiros. A Câmara analisa a Proposta de Emenda à Constituição, de sua autoria, e outros, que permite que o estrangeiro que resida no Brasil há mais de cinco anos vote nas eleições municipais da localidade onde mora. A proposta também permite que o estrangeiro que more no País há, no mínimo, dez anos seja candidato a prefeito ou vereador.

Segundo o autor, o estrangeiro que tem residência legal no País há pelo menos cinco anos demonstra ter criado vínculos com a sociedade brasileira, sendo justo que participe nos pleitos locais como eleitor. Essas eleições são importantes para o julgamento e avaliação dos serviços públicos, aos quais os estrangeiros residentes no Brasil devem ter direitos plenos, argumenta o deputado.

Para Freire, facultar ao estrangeiro residente no Brasil há mais de dez anos a possibilidade de ser candidato nas eleições é também um estímulo para a sua naturalização, que é a plena integração social e política à comunidade nacional.

Tramitação
A PEC terá a admissibilidade analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se aprovada, será analisada por uma comissão especial a ser criada para esse fim. Depois, seguirá para o Plenário, onde precisará ser votada em dois turnos.

Sem-Terra
O presidente do STF, ministro Cezar Peluso, negou pedido de liberdade para o líder sem-terra José Rainha Júnior. Rainha Jr. preso sob acusação de envolvimento em desvios de verbas destinadas a assentados no Pontal do Paranapanema. A PF estima irregularidades que somam R$ 5 milhões.

Aproximação
O presidente do PT, Rui Falcão que foi um dos fundadores da CUT, defende maior aproximação do Partido com a entidade sindical. E diz porque: “Tenho formação de esquerda, fui militante do Sindicato dos Jornalistas, ajudei a fundar a CUT e sempre tive boas relações com o MST e a CUT. Era natural que quisesse uma aproximação maior com esse povo. O segundo componente é o fato de que o PT precisa ter suas lutas mais próximas dos movimentos.”

Governo muda critério para o repasse de recursos às ONGS
Alteração: nova medida determina que transferências deverão ser cadastradas

O governo federal fixou novas normas para o repasse de recursos a ONGs. Assim todas as transferências de recursos federais realizadas pela União devem ser cadastradas no Sistema de Convênios do Governo Federal (Siconv). Pelas novas regras, as entidades precisam se cadastrar no sistema e apresentar os documentos exigidos. É necessário comprovar funcionamento regular nos três anos anteriores ao credenciamento. As ações de liberação de recursos, fiscalização, execução e prestação de contas serão realizados diretamente no Sincov.


O Ministério do Planejamento defende que haverá maior transparência sobre a utilização dos recursos, aumento no controle do gasto público e agilidade na fiscalização. E uma informação útil: o Siconv fica aberto à consulta pública, por meio do Portal de Convênios. Órgãos como Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público Federal, Congresso Nacional e Controladoria-Geral da União (CGU) têm acesso a informações restritas do sistema.

Presidente Dilma Rousseff durante cerimônia em São Paulo/Foto: Ichiro Guerra/PR
A ação faz parte dos compromissos assumidos pelos países que firmaram a parceria chamada de governo aberto (Open Government Partnership - OGP), uma iniciativa internacional lançada em setembro de 2011, com o objetivo de aumentar a transparência dos atos governamentais e a participação dos cidadãos nos processos decisórios. Ela é co-presidida pelos governos brasileiro e norte-americano.

Serra, Kassab etc
Só no caso de José Serra ser o candidato do PSDB haverá aliança com o PSD na eleição para a Prefeitura de São Paulo. A relação entre ele e o líder maior do novo PSD é antiga. Kassab foi seu vice-prefeiro e as relações entre eles são muito boas, daí as frequentes especulações. Além dos quatro pré-candidatos à indicação do PSDB, também o governador Geraldo Alckmin é de opinião que é melhor perder a eleição com um nome próprio do PSDB, a vencer com o PSD na cabeça de chapa. Mas e ser a oportunidade para ser cabeça-de-chapa com Serra for aceita pelo PSD?

Pedro Taques em projeto: “o passageiro que precisar cancelar ou alterar a data da viagem aérea poderá ter restituída em até 95% a quantia paga pelo bilhete.”

Verbas para saúde
Já entraram em vigor as novas regras para destinação de verbas para a saúde por parte da União, estados e municípios. De acordo com Lei Complementar , a União investirá em saúde o valor aplicado no ano anterior acrescido da variação nominal do Produto Interno Bruto dos dois anos anteriores. Mas os estados terão de aplicar 12% de suas receitas, e os municípios, 15%. O Distrito Federal deverá investir 12% ou 15% conforme a origem da receita. A nova lei proíbe no cálculo dos percentuais mínimos a serem destinados à saúde, a inclusão de gastos com merenda escolar, saneamento básico, limpeza urbana e preservação do meio ambiente, entre outras ações.

O texto também estabelece os critérios de rateio dos recursos de transferências para a saúde e as normas de fiscalização, avaliação e controle das despesas com saúde nas três esferas de governo.

Os senadores da base aliada do governo defendiam os critérios aprovados na Câmara, que acabaram prevalecendo, enquanto os oposicionistas queriam restabelecer a proposta original do ex-senador Tião Viana, que vinculava 10% das receitas da União à área da saúde. E a oposição impediu a inclusão no projeto da possibilidade de criação da Contribuição Social para a Saúde, alegando que seria uma nova CPMF.

O texto aprovado pelo Senado sofreu 15 vetos da presidente Dilma Rousseff. Um dos vetos retirou o artigo que previa "créditos adicionais" para a saúde na hipótese de revisão do valor nominal do PIB.

Passagem cancelada

O passageiro que precisar cancelar ou alterar a data da viagem aérea poderá ter restituída em até 95% a quantia paga pelo bilhete. É o que propõe o senador Pedro Taques no Projeto de Lei do Senado. Atualmente, o reembolso integral do valor pago só é garantido no caso de o transportador cancelar o serviço.

As altas multas cobradas pelas empresas para cancelamento da passagem ou remarcação da data por parte do passageiro estão levando a recorrentes disputas judiciais, daí a necessidade de regulamentar a matéria, observa o senador na justificativa da proposta. Segundo o projeto, o passageiro terá direito ao reembolso de 95% do valor do bilhete se fizer o cancelamento do serviço com antecedência de cinco dias da data prevista para a viagem e de 90% nos demais casos, segundo informa a agência Senado.

Presidente do Uruguai, José Mujica, fará visita a Lula.

Visita a Lula
O ex-presidente Lula receberá hoje em São Paulo a visita do presidente do Uruguai, José Mujica. Eles almoçarão em um hotel na cidade. Mujica estará acompanhado da primeira-dama e senadora uruguaia, Lucía Topolansky. Ontem, Lula passou pela nona sessão de radioterapia.

Em até sete semanas, ele deverá receber entre 30 e 35 sessões de radioterapia, que acontecerão de segunda à sexta-feira. Ele recebeu a visita do ministro Aloizio Mercadante, que deve deixar a Ciência e Tecnologia para assumir a Educação.

Cortes
Ainda esta semana, a presidente Dilma Rousseff realizará reuniões com ministros para definir metas prioritárias para este ano e assim fixar o tamanho do corte orçamentário a ser anunciado em fevereiro. Dilma reunirá todos os ministros, na primeira reunião ministerial de seu segundo ano de mandato, provavelmente no dia 23, e definirá as prioridades do governo para intensificar o ritmo de crescimento econômico.

O Instituto Sou da Paz inicia o ano de 2012 com novidades.





São cinco novos projetos com diferentes abordagens temáticas e estratégicas para contribuir com o fortalecimento e disseminação da cultura de paz e de um novo paradigma da segurança pública.




O Praças da Paz SulAmérica, que existe em São Paulo desde 2007, será levado ao Rio de Janeiro, somando ao processo de implementação das UPPs Sociais coordenado pelo Instituto Pereira Passos. A edição carioca será implantada no Complexo do São Carlos, promovendo a revitalização e ocupação democrática dos espaços públicos com a participação efetiva da comunidade em ações culturais e esportivas. O projeto será realizado graças a parceria da empresa SulAmérica e o apoio do CIEDS.

Já a Pesquisa sobre Uso da Força por Policiais Militares irá mapear de que forma o uso da força é regulamentado e controlado nas polícias militares de São Paulo e Pernambuco. A proposta compreende toda a escala de uso da força e pretende subsidiar a melhoria de políticas públicas voltadas a este tema. O projeto foi selecionado no Edital “Pensando a Segurança Pública”, da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça) em parceira com o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento).

O projeto Festivais Esportivos consiste em fortalecer a atuação de jovens lideranças comunitárias para que ocupem os espaços públicos das periferias com atividades esportivas que valorizem a cultura de paz, o diálogo e a convivência pacífica envolvendo os jovens no planejamento e execução dos Festivais Esportivos. Busca ainda proporcionar autonomia e maior interlocução com o poder público. Com início em 1º de fevereiro, o projeto é patrocinado pela SulAmérica, Oi Futuro e Rede Globo.

Com patrocínio do banco Itaú Unibanco, o Estudo do Crime contra o Patrimônio traçará um diagnóstico sobre os crimes praticados com grave ameaça ou violência em São Paulo. Qual o perfil dos envolvidos? Quais são os locais com maior número de ocorrências? Quais os horários mais críticos? Além de diagnosticar as tendências dos crimes contra o patrimônio, o projeto visa acompanhar as etapas e o trabalho dos profissionais envolvidos no processo de investigação da polícia civil, contribuindo assim para a criação de soluções efetivas para este problema.

Financiado pela Família Betty e A. Jacob Lafer, o Observatório de Justiça Criminal – Lei das Cautelares em Pauta criará uma metodologia de análise de argumentos no debate público sobre justiça criminal, focando inicialmente na Lei das Cautelares. O projeto irá estudar argumentos dos formadores de opinião favoráveis e contrários à lei. O projeto prevê ainda um treinamento de mídia com os especialistas que defendem as medidas cautelares a fim de melhor ocupar o espaço na imprensa e tornar os argumentos mais acessíveis à população

Para Descontrair

O BRASIL EXPLICADO EM GALINHAS

Pegaram o cara em flagrante roubando galinhas de um galinheiro e o levaram para a delegacia.



D - Que vida mansa, heim, vagabundo? Roubando galinha para ter o que comer sem precisar trabalhar. Vai para a cadeia!



L - Não era para mim não. Era para vender.



D - Pior, venda de artigo roubado. Concorrência desleal com o comércio estabelecido. Sem-vergonha!



L - Mas eu vendia mais caro.



D - Mais caro?



L - Espalhei o boato que as galinhas do galinheiro eram bichadas e as minhas galinhas não.

E que as do galinheiro botavam ovos brancos enquanto as minhas botavam ovos marrons.

- Mas eram as mesmas galinhas, safado.



L - Os ovos das minhas eu pintava.D - Que grande pilantra... (mas já havia um certo respeito no tom do delegado...)



D - Ainda bem que tu vai preso. Se o dono do galinheiro te pega...



L - Já me pegou. Fiz um acerto com ele. Me comprometi a não espalhar mais boato sobre as galinhas dele, e ele se comprometeu a aumentar os preços dos produtos dele para ficarem iguais aos meus. Convidamos outros donos de galinheiros a entrar no nosso esquema. Formamos um oligopólio. Ou, no caso, um ovigopólio.



D - E o que você faz com o lucro do seu negócio?



L - Especulo com dólar. Invisto alguma coisa no tráfico de drogas. Comprei alguns deputados. Dois ou três ministros. Consegui exclusividade no suprimento de galinhas e ovos para programas de alimentação do governo e superfaturo os preços.O delegado mandou pedir um cafezinho para o preso e perguntou se a cadeira estava confortável, se ele não queria uma almofada. Depois perguntou:



D - Doutor, não me leve a mal, mas com tudo isso, o senhor não está milionário?



L - Trilionário. Sem contar o que eu sonego de Imposto de Renda e o que tenho depositado ilegalmente no exterior.



D - E, com tudo isso, o senhor continua roubando galinhas?L - Às vezes. Sabe como é.


D - Não sei não, excelência. Me explique.


L - É que, em todas essas minhas atividades, eu sinto falta de uma coisa. O risco, entende? Daquela sensação de perigo, de estar fazendo uma coisa proibida, da iminência do castigo. Só roubando galinhas eu me sinto realmente um ladrão, e isso é excitante. Como agora fui preso, finalmente vou para a cadeia. É uma experiência nova.


D - O que é isso, excelência? O senhor não vai ser preso não.


L - Mas fui pego em flagrante pulando a cerca do galinheiro!


D - Sim. Mas primário, e com esses antecedentes...

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Festa de Nossa Senhora de Tacaratu -PE

PROGRAMAÇÃO FESTA DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE
TACARATU/PE – JANEIRO/2012



Dia 23/01 - segunda-feira
– D´Bambaz– Pisada do Negão

Dia 24/01 - terça-feira
– Paulinho & Nininho– Geraldo Cardoso – Matuto de Luxo

Dia 25/01 - quarta-feira
– Cantores de Deus – Banda Kairós

Dia 26/01 - quinta-feira
– Amado Batista – Banda Encantu´s

Dia 27/01 - sexta-feira
– Trio da Huana – Wilton Belo e Banda

Dia 28/01 – sábado
– Mano Walter – Flávio Leandro

Dia 29/01 – Domingo
– Adilson Ramos – Jean & Bruno

Dia 30/01 - segunda-feira
– Josildo Sá– Saia Rodada

Dia 31/01 - terça-feira
– Cavaleiros do Forró– Keko & Banda

Dia 1º/02 - quarta-feira
– Vicente Nery & Cheiro de Menina– Amigos Sertanejos

Ministro da educação deixará o cargo.

Carlos Fehlberg - Brasilia

Haddad vai assumir campanha no novo desafio enfrentado por Lula
Decisão está tomada e a dúvida é qual o tucano vai ser lançado: um novo ou Serra

O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse nesta terça-feira que deixará o cargo na segunda quinzena de janeiro. Segundo ele, a presidente Dilma Rousseff, com quem se reuniu na segunda-feira, pediu a ele que aguardasse "um pouquinho mais". A saída de Haddad estava prevista para o dia 16, mas ele deve permanecer mais alguns dias. Ontem ele deu posse ao novo reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro, Roberto Gil. E deve ter sido a última solenidade de posse de reitor que comanda no Ministério da Educação.

Ministro da Educação, Fernando Haddad/Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr
Haddad falou em tom de despedida destacando avanços na área do ensino técnico e enfatizou que a política educacional não será alterada com a sua saída. Não é a mudança de uma equipe ou a mudança de um ministro que vai tirar do rumo aquilo que é hoje uma agenda prioritária do Palácio do Planalto", disse. Em entrevista, Haddad evitou confirmar que seu substituto no MEC será o atual ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante. Ele ressalvou, porém, que é natural que cada ministro queira imprimir sua marca.

O confronto
A candidatura de Fernando Haddad por envolver eleição no principal reduto do PSDB já começa a gerar tentativas de entendimento em São Paulo. O primeiro a surpreender foi o PSD de Gilberto Kassab, mas uma das versões é a de que o novo Partido quer participar de uma forte coligação, PT, PSDB ou PMDB. Isoladamente o PSD colocaria em risco sua imagem e projetos. Daí a sucessão de noticias prevendo alianças...

Fernando Hadad: Não é a mudança de uma equipe ou a mudança de um ministro que vai tirar do rumo aquilo que é hoje uma agenda prioritária do Palácio do Planalto".

Estratégias
Reduto tucano há muito tempo, embora Marta Suplicy tenha sido eleita, São Paulo é vista como um desafio político para o PT e o presidente Lula está diretamente envolvido numa operação. Joga inclusive seu prestígio político, por isso em setores do PSDB já se começa a pensar numa candidatura capaz de obter um triunfo. Por enquanto os tucanos se voltam para os nomes inscritos, os pré-candidatos Bruno Covas, Andrea Matarazzo, José Aníbal e Ricardo Trípoli.


Mas ainda existem os apostadores que pensam em Serra. Por isso Lula não vai deixar sozinho o candidato Fernando Haddad. Uma vitória sobre os tucanos no seu maior reduto está nos planos do ex-presidente. A dúvida que permanece é a oposição que assumirá o PMDB. De seu eleitorado pode depender a eleição do novo prefeito.

E o PMDB
Se o PT se preocupa tanto com São Paulo como ficarão os demais redutos municipais, nos quais não é o PSDB o seu principal adversário, mas o PMDB, um aliado importante no governo mas ao mesmo tempo decidido a mostrar sua forte estrutura capaz de influir no jogo eleitoral de 2014.

Presidente Dilma Rousseff durante reunião/Foto: Ichiro Guerra/PR

E a reforma
Pelo andar da carruagem a reforma ministerial deverá ficar para fevereiro ou março. Dilma já deve ter um projeto nesse sentido, mas trata de atravessar o recesso sem grande discussões. O caso do ministro da Integração fugiu à regra...

E as sequelas
Outra consequência da eleição municipal será a unidade do bloco majoritário que dá apoio a Dilma. Há quem veja nessas disputas municipais o grande lance do PMDB para ampliar seu cacife nas eleições presidenciais de 2014.

Líder do PSDB quer explicações e o líder do DEM pede cassação dos direitos políticos à Procuradoria

Carlos Fehlberg -Brasilia


Ministro da Integração fala no Senado sob pressão da oposição

O líder do PSDB, Álvaro Dias, protocolou o terceiro pedido para que o ministro da Integração dê explicações durante o recesso parlamentar. Mas diz que não está preocupado com a blindagem governista. "A base governista fará louvação ao ministro, mas nossa obrigação é colocar o mal à luz para que a sociedade faça seu julgamento".

Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra/Foto: Antonio Cruz/ABr

Na representação que protocolou na Procuradoria Geral da República contra o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, o líder do DEM, senador Demóstenes Torres, pede enquadramento do ministro como determina a Lei de Improbidade Administrativa em relação a agentes públicos condenados por manipular o dinheiro do contribuinte ilegalmente. O líder do DEM anexou à representação informações do governo mostrando que o ministro favoreceu Pernambuco com 90% das verbas de sua Pasta destinadas à prevenção de desastres naturais no País. Há também dados indicando que o ministro liberou 99% das emendas individuais de seu filho e que também burlou a Lei de Nepotismo e o decreto presidencial no mesmo sentido. Está anexada, ainda, cópia do Diário Oficial mostrando que, 21 dias depois de assumir o cargo, Clementino Coelho - irmão do ministro - passou a ocupar a presidência interina da Codevasf.

Álvaro Dias: “A nossa obrigação é colocar o mal à luz para que a sociedade faça seu julgamento".

Cassação
Demóstenes vai mais longe e diz que está pedindo a substituição do ministro para que com isso ele perca a função pública de ministro, que ele seja exonerado e condenado a indenizar todos os prejuízos causados”, afirmou Torres.

Segundo o senador, o ministro “não pode beneficiar suas bases eleitorais causando transtornos para o resto do Brasil. E minimizou o fato de Bezerra ter se comprometido a ir ao Congresso para falar sobre as denúncias: “Isso não significa nada. Já vi ministro corrupto sair daqui aplaudido e no outro dia ser exonerado pela presidente. O fato de dar explicações, especialmente a uma comissão representativa do Congresso, totalmente esvaziada, é mais um palanque”, disse.

O presidente do Senado, José Sarney, convocou a comissão representativa do Congresso. Apesar das convocações, a Mesa Diretora do Senado informou que houve um acordo entre o presidente do Senado e Fernando Bezerra para que o ministro compareça espontaneamente.

Pressões
Senador Alvaro Dias concede entrevista/Foto: Geraldo Magela / Agência Senado


Ontem líder do PSDB, Álvaro Dias, protocolou o terceiro pedido para que o ministro dê explicações durante o recesso parlamentar. Mas diz que não está preocupado com a blindagem governista. "A base governista fará louvação ao ministro, mas nossa obrigação é colocar o mal à luz para que a sociedade faça seu julgamento".

Na representação que protocolou, na Procuradoria Geral da República contra o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, o líder do DEM, senador Demóstenes Torres, pede que o ministro tenha os direitos políticos cassados pelo prazo de oito anos, além de ficar proibido de ocupar função pública, como determina a Lei de Improbidade Administrativa em relação a agentes públicos condenados por manipular o dinheiro do contribuinte ilegalmente.


O líder do DEM anexou à representação informações do governo mostrando que o ministro favoreceu Pernambuco com 90% das verbas de sua Pasta destinadas à prevenção de desastres naturais no País. Há também dados indicando que o ministro liberou 99% das emendas individuais de seu filho e que também burlou a Lei de Nepotismo e o decreto presidencial no mesmo sentido. Está anexada, ainda, cópia do Diário Oficial mostrando que, 21 dias depois de assumir o cargo, Clementino Coelho - irmão do ministro - passou a ocupar a presidência interina da Codevasf.

Afif articula
O vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos, defende a aproximação de seu Negritopartido com o PT, uma vez que os tucanos não avançam nas negociações com a sigla sobre a sucessão do prefeito de São Paulo Gilberto Kassab.


Defensor da manutenção da aliança com o PSDB, o vice-governador reclamou da insistência dos tucanos em impor na negociação com o PSD um cabeça de chapa. "Eles querem já partir com um nome na mesa. Esse não é o caminho", diz Afif, que considera o "caminho" para um acordo com os tucanos seria primeiro discutir a aliança e depois buscar os nomes para a candidatura. "Dentro desta visão, se há tendência de imposição de nomes, o PSD pode buscar alternativas. O PSD não está órfão. Se não tem um caminho, tem outro", frisou.

Afif contou que, na visita a Lula no Hospital Sírio-Libanês, Kassab e o ex-presidente não resistiram ao tema político durante a conversa informal. "A pergunta foi: como é que a gente pode estar juntos?", disse sem revelar de quem teria partido a proposta.

Avaliação de Dilma
O governo da presidente Dilma Rousseff foi melhor avaliado que o dos antecessores Lula e Fernando Henrique Cardoso ao final do primeiro ano de seus respectivos mandatos, informou pesquisa Ibope. Ela tem 56% de ótimo ou bom na avaliação popular , enquanto Lula exibiu 51% em 2007 e 41% em 2003 nos primeiros anos de cada um de seus dois mandatos no Palácio do Planalto. O governo Fernando Henrique teve 17% de aprovação em 1999 e 43% em 1995, em uma comparação semelhante, de acordo com a sondagem que tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 142 municípios brasileiros entre os dias 2 e 5 de dezembro.

O desempenho pessoal de Dilma também teve aprovação superior às dos dois antecessores após um ano no cargo. Ela teve 72%, enquanto Lula somou 65% em 2007

No Haiti
A presidente Dilma Rousseff se prepara para visitar o Haiti no próximo dia 1º. Em conversa com o presidente haitiano, Michel Martelly, Dilma revelou seu desejo de ir a Porto Príncipe, capital do país. Na visita, a presidenta pretende intensificar a cooperação brasileira, ampliando as parcerias nas áreas de saúde em conjunto com Cuba, agricultura, capacitação profissional e o apoio à construção da usina hidrelétrica sobre o Rio Artibonite, no Sul do país. A visita será emblemática, pois ocorre no momento em que o Haiti – o país mais pobre das Américas – enfrenta ainda dificuldades de reconstrução causadas pelo terremoto de 12 de janeiro de 2010, quando morreram mais de 220 mil pessoas, e o agravamento da epidemia de cólera.

Baile Municipal de Arcoverde




Baile Municipal de Bezerros

O Baile Municipal de Bezerros acontecerá no dia 04 de fevereiro de 2012






Cruz da JMJ Chegará em Garanhuns


Garanhuns se prepara para acolher (no dia 22 de janeiro domingo), a Cruz da Jornada Mundial da Juventude, sua próxima realização será no Brasil, no Rio de Janeiro, em 2013. A Cruz da JMJ estará chegando a Garanhuns, a partir das 14h, quando jovens de diversas Paróquias da Diocese local estarão realizando o acolhimento na Esplanada Guadalajara.

A Cruz faz peregrinação por várias cidades do país. Na oportunidade, estará chegando à “Suíça Pernambucana”. Com o tema “No peito eu levo uma cruz”, todas a Paróquias estão se empenhando para levar o maior número de jovens possível.

Após o acolhimento, a Cruz, ela seguirá para a Paróquia de São Sebastião, onde haverá uma Vigília a partir das 19h.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012


Ministro da Integração fala com Dilma e deverá depor no Senado
Criticado pela oposição, o ministro reage, vai ao Planalto e promete também falar no Senado


Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, fala em entrevista coletiva/Foto: Valter Campanato/ABr

A presidente da República, Dilma Rousseff, determinou a criação da Força Nacional de Apoio Técnico de Emergência, grupo interministerial que atuará na prevenção de desastres naturais e reconstrução de municípios atingidos. Quem anunciou a decisão foi o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, após reunião com a presidente e mais outros sete ministros ligados à área de infraestrutura e atendimento à população. Segundo o ministro “uma força-tarefa de 50 especialistas que serão alocados nas regiões de mais alto risco, neste primeiro momento, nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo."

O ministro Fernando Bezerra Coelho, diz ter a confiança da presidente Dilma Rousseff. Ele foi acusado de privilegiar Pernambuco na distribuição de verbas das chuvas; ter favorecido o filho, o deputado federal Fernando Bezerra Coelho Filho com liberação de emendas parlamentares da pasta; e agir para manter o irmão, Clementino Coelho, na presidência da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba. Mas ele logo reagiu dizendo que "essas denúncias não irão prosperar porque nunca prosperou nenhuma denúncia contra a minha pessoa". Observou ainda que tem suas contas aprovadas pelo TCE e pelo TCU e que as ações que se movem no Ministério Público ingressaram agora, em dezembro. E que “ a oposição em Petrolina apresentou quatro ações e nenhuma foi aceita pela Justiça".

Bezerra salientou ainda que manteve contato com o presidente do Senado, José Sarney e pediu a ele que fosse convocado para prestar esclarecimentos na comissão representativa (em princípio quinta-feira) do Congresso que pode ser convocada durante o período de recesso parlamentar.

Mais defesa
Bezerra faz questão de reafirmar que a “presidenta já recebeu todas as informações, o ministério já se manifestou a respeito dos recursos, a CGU já se manifestou também sobre a direção da Codevasp", afirmou. Ele manteve uma longa conversa com a presidente: “Se não contasse com a confiança e o apoio da presidente Dilma eu não estaria nesta solenidade”, declarou.

Álvaro Dias, líder do PSDB no Senado: "Ele (Fernando Bezerra) concentrou eleitoralmente os recursos".

Com o apoio da Presidente
O ministro da Integração voltou a dizer que conta com o apoio da presidente da República, Dilma Rousseff e que as denúncias contra ele já foram “devidamente respondidas”, tendo segundo ele Dilma recebido todas as informações. E reafirmou: o ministério do Planejamento já se manifestou em relação aos recursos da Defesa Civil, a CGU já se manifestou em relação à situação da direção da Codevasf e, portanto, todos os pontos colocados já foram devidamente respondidos”, disse o ministro em sua entrevista coletiva após as reuniões mantidas.


E também ligou para o presidente do Congresso, José Sarney se oferecendo para tirar dúvidas aos parlamentares sobre as ações dele frente ao ministério e ainda como prefeito de Petrolina. A propósito o líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias solicitou ao presidente da Casa, José Sarney, que convoque a comissão representativa do Congresso para ouvir o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. "Ele concentrou eleitoralmente os recursos", criticou Álvaro Dias. Para o senador tucano, o governo age de forma "discriminatória" com outros Estados, como o Paraná, no repasse de verbas anti-enchentes. O líder do DEM, Demóstenes Torres, também vai pedir à Procuradoria-Geral da República que investigue o ministro.

Depoimento
A data do depoimento do ministro Fernando Bezerra no Senado deve ser confirmada até hoje. A comissão tem dois pedidos do PPS para convidar o ministro a prestar esclarecimentos sobre as suspeitas de irregularidades. Mas o líder do PSDB, Álvaro Dias disse que também iria apresentar uma nova solicitação. Ele telefonou para o presidente Sarney, que já teria sinalizado que a reunião pode acontecer esta semana. Na opinião do líder tucano, o fato de o Congresso estar em recesso não enfraquece a presença do ministro. Ele qualificou as acusações de "gravíssimas". Segundo a assessoria de imprensa da presidência do Senado, Sarney está retornando do Maranhão

São José da Coroa Grande Promove as Ferias Neste Verão



sábado, 7 de janeiro de 2012

Enchentes: PPS insiste e quer ouvir o Ministro da Integração

Carlos Felhberg


Dilma volta a Brasília e reúne os ministros com foco nas enchentes
Presidente antecipa seu retorno e faz logo uma reunião para avaliar


A presidente Dilma Rousseff retornou a Brasília e logo convocou a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, para uma reunião no Palácio da Alvorada, visando colher um relatório sobre as reuniões realizadas nos dois últimos dias para tratar das enchentes que atingem Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. A ministra Gleisi Hoffman que voltou a Brasília na terça-feira se reuniu com os ministros Fernando Bezerra (Integração Nacional), Paulo Sérgio Passos (Transportes) e Aloizio Mercadante (Ciência, Tecnologia e Inovação), além de representantes e técnicos da Defesa Civil e do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais. Ontem, mesmo, o governo federal abriu crédito extraordinário de R$ 482,85 milhões para ações de prevenção e combate a desastres naturais. Dilma estava na Bahia desde o dia 26 de dezembro. Assessores do Palácio do Planalto disseram que a mudança de planos era admitida desde a semana passada.

Presidente Dilma Rousseff interrompeu férias e retornou a Brasília.

Aécio e o critério
O senador Aécio Neves criticou a distribuição de recursos públicos diante das recentes cheias. Na conversa que teve com o ministro da Integração Nacional, Aécio declarou que Fernando Bezerra prometeu dar "toda atenção" a Minas. O ministro visita hoje as localidades mais atingidas do Estado, na companhia do governador Antonio Anastasia. E Aécio Neves enfatiza que em todas as situações deve prevalecer o critério técnico na distribuição de dinheiro público: “E o procedimento se aplica a todas as áreas, sobretudo às que envolvem vidas humanas".

E Lupi?
Não será surpresa se o deputado Carlos Lupi que saiu mal do Ministério do Trabalho voltar á cena neste ano de 2012. Como dirigente do PDT?

Alta para Temer
O vice-presidente da República, Michel Temer, deve ganhar alta na manhã de hoje do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo, informou a assessoria da Vice Presidência da República. Temer se recupera de cirurgia para retirada da vesícula.

Haddad com Lula
O ministro da Educação e pré-candidato do PT às eleições municipais em São Paulo, Fernando Haddad, visitou ontem o ex-presidente da República Lula no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Aécio Neves: “E o procedimento (caso das enchentes) se aplica a todas as áreas, sobretudo as que envolvem vidas humana".

Pagamentos via banco
A Câmara Federal analisa o Projeto de Lei Complementar da Comissão de Legislação Participativa, que restringe, de forma explícita, a forma de pagamento de despesas públicas à transferência bancária para conta cujo titular seja o beneficiário do pagamento. A determinação vale inclusive para os casos de adiantamento, desde que sejam expressamente definidos em lei. Nesse caso, os recursos serão transferidos para a conta do servidor responsável pelo pagamento, após o empenho da despesa.


A proposta obriga a prestação de contas de todos os recursos transferidos, com periodicidade mínima de três meses e máxima de um ano, e proíbe a cobrança de tarifa bancária por causa da abertura de contas correntes junto a bancos oficiais destinadas exclusivamente ao recebimento de pagamentos feitos por órgãos e entidades públicas. Já os bancos ficam obrigados a comunicar aos órgãos de controle externo e interno, bem como ao Ministério Público, informações relativas a movimentações financeiras desse tipo de conta bancária que forem consideradas suspeitas.

Projeto sobre greve
O senador Aloysio Nunes apresentou projeto de lei regulamentando o direito de greve do servidor público civil, previsto no inciso VII do artigo 37 da Carta Magna. Aloysio Nunes explicou que sua proposta adota as principais diretrizes da Convenção 151 da OIT, que dispõe sobre as relações de trabalho na administração pública e estabelece garantias às organizações de trabalhadores e determina parâmetros para a fixação e negociação.

Redutos tucanos
Para os projetos políticos de José Serra e Aécio Neves, hoje os principais nomes do PSDB, as eleições municipais deste ano despontam como estrategicamente muito importantes. Será o primeiro movimento em direção às suas aspirações eleitorais mais tarde. No caso paulista, Serra ainda têm as simpatias do PSD do prefeito Gilberto Kassab, que ajudou a eleger. E há até quem diga que ele não é peça descartada no pleito municipal...

STF
Após adiamentos o Supremo Tribunal Federal (STF) tem agora com quórum completo a votação da Ficha Limpa como um dos temas do ano. O outro é o julgamento do Mensalão.

Enchentes: PPS insiste e quer ouvir o Ministro da Integração
A Comissão Representativa do senado seria convocada para debater a situação


O deputado Arnaldo Jardim, do PPS apresentou, ontem, requerimento pedindo a convocação da Comissão Representativa do Congresso Nacional para tratar da destinação de verbas para a prevenção de desastres como os que têm atingindo estados como Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro nos últimos dias. Essa comissão é responsável pelas atribuições da Câmara e do Senado durante o recesso parlamentar.


O requerimento já foi encaminhado ao presidente do Congresso, José Sarney. Arnaldo Jardim disse, através da Agência Senado, que já enviou o mesmo ofício a todos os senadores e deputados integrantes da Comissão Representativa, com objetivo de viabilizar a reunião. Ele tem o apoio do DEM e espera o mesmo do PSDB. A convocação votará o pedido de informações protocolado pelo deputado Rubens Bueno, do PPS, solicitando explicações ao ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, sobre a aplicação de 90% das verbas do orçamento destinadas à prevenção de desastres naturais em Pernambuco, estado do ministro.

Tudo em busca de uma explicação para as medidas adotadas pelo governo, além da destinação dos recursos: “É evidente que houve uma crassa falta de recursos, de planejamento e de desenvolvimento de políticas públicas, semelhante sob diversos aspectos ao que aconteceu no ano passado na região serrana do Rio de Janeiro. Não houve mudança de qualidade nas ações. Não temos uma defesa civil mais ágil e entrosada, com medidas de prevenção e revisão da ocupação de áreas de risco e não houve a criação de um programa de ocupação dessas áreas.”

Levantamento
O parlamentar do PPS quer também a discussão de eventual análise de crédito adicional que ainda esteja pendente de deliberação. O ofício solicita também que seja examinado relatório do deputado Glauber Braga, em comissão especial da Câmara sobre medidas de combate aos desastres naturais, que contém um conjunto de medidas e ações discutidas ao longo de 2011 e que poderão ser "pauta consistente" para auxiliar no combate às situações vivenciadas em 2012.


No documento, o PPS diz que o Brasil está em "estado crítico" devido às fortes chuvas deste início de ano, com alguns municípios vivendo uma situação "alarmante" que requer um posicionamento "firme e positivo" dos parlamentares. E cita que até o momento 71 municípios de Minas Gerais decretaram estado de emergência e que, no Espírito Santo, 11 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas, além dos municípios fluminenses que se encontram em estado de alerta.

Aloizio Mercadante: Eu tenho visto todas essas informações, mas vamos aguardar a reforma. Eu prometo que, se isso acontecer, e é possível que aconteça, nós poderemos discutir a pasta da Educação.”

Aloizio já admite
O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, passou a admitir a possibilidade de trocar de endereço na Esplanada dos Ministérios e se tornar o novo ministro da Educação, em lugar de Fernando Haddad que deve sair do governo para ser candidato a prefeito de São Paulo. Mercadante participou do programa de rádio Bom Dia, Ministro e ao ser indagado sobre a eventual ida para o MEC e seus planos para a área, o ministro não afastou a possibilidade: “Eu tenho visto todas essas informações na imprensa, mas vamos aguardar a reforma ministerial. Eu prometo a você que, se isso acontecer, e é possível que aconteça, eu estarei aqui à disposição e nós poderemos discutir a pasta da Educação.”

Prudente ele observou que a nomeação só vale depois que estiver no Diário Oficial” e lembrou que “quem indica ministro é a presidenta da República”. Salientou que quem fala sobre a agenda da Educação é o atual ministro Fernando Haddad. “Eu só falo da minha pasta que é Ciência, Tecnologia e Inovação.” Segundo o ministro, “existe muita sinergia entre educação, ciência e tecnologia”. E destacou a atuação de Haddad no MEC, dizendo que para avançar no campo de ciência e tecnologia, o país “precisa investir na educação básica, desde a educação infantil, dar qualidade ao ensino, formar os professores e motivar os alunos”.

Sistema
Os ministérios e demais órgãos da administração direta da União terão de se adequar, até o fim do mês, para participar do Sistema de Informação de Custos do Governo Federal. Ainda que o governo não trabalhe com uma meta, a mudança visa a reduzir as despesas com a análise de cruzamento de dados e comparações sobre custos similares nas diferentes áreas de atuação da máquina pública.

PSDB e sindicalismo
O Núcleo Sindical do PSDB fechou 2011 com números expressivos no seu projeto sindicalista. 21 estados já possuem sedes sindicais em organização e preparados para o primeiro Congresso Sindical do PSDB, previsto para março de 2012.


O presidente nacional do PSDB, deputado Sérgio Guerra, diz que a consolidação do núcleo é importante para o fortalecimento do partido. "Queremos ser porta-vozes dessa categoria, e, para isso, precisamos resgatar o diálogo com os trabalhadores", destacou. O vice-presidente da Força Sindical e secretário de políticas Sindicais do PSDB, Antônio Ramalho espera que até março, todos os estados tenham uma representação sindical ligada à legenda.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Sampa realiza mais uma feira de moda a COUROMODA



2012 começa com a moda em exposição no Anhembi
São Paulo começa 2012 com uma grande semana de negócios em que serão apresentadas as coleções outono/inverno de 3 mil marcas de calçados, confecções e acessórios de moda.

De 16 a 19 de janeiro (2ª a 5ª feira) o Anhembi recebe a 39ª edição da COUROMODA - Feira Internacional de Calçados, Artigos Esportivos e Artefatos de Couro.

Na mesma semana, de 15 a 18 de janeiro (dom a 4ª feira), será realizada a 2ª SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER - Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

O evento acontece no Expo Center Norte (a 10 minutos do Anhembi), com a participação de 500 marcas de confecções e acessórios de empresas do Brasil, Itália, Turquia e Espanha.

No total, serão mais de 100 mil m2 de área nos dois pavilhões - abertos somente a profissionais dos setores de calçados, confecções e moda.

Credencie-se e ande na moda em 2012!

Serviço
Data:
16 a 19/jan/12 (seg. a qui.)

Horário:
seg. a qua. das 10h às 20h
qui. das 10h às 17h

Local: ANHEMBI PARQUE
Pavilhão de Exposições
Av. Olavo Fontoura, 1209

Estacionamento:
Portão Principal (38)
carros R$30 motos R$20

Oficina de Produção e Gestão Cultural – Elaboração de Projetos em Paudalho – PE

Na próxima semana estará sendo realizada no Espaço do Empreendedor Individual de Paudalho – PE, a Oficina de Gestão e Produção Cultural com foco em elaboração de projetos ministrada pela produtora cultural e Tuxaua Dani Bastos. A Oficina disponibilizará 30 vagas com inscrições gratuitas.

Oficina de Produção e Gestão Cultural – Elaboração de Projetos

Oficineira: Dani Bastos
Período: 09 a 13 de janeiro de 2012
Horário: 14 as 16hs
Inscrições gratuitas

Esta iniciativa tem o incentivo cultural do Prêmio Tuxaua 2010 / Secretaria de Cidadania Cultural /Ministério da Cultura.

I Encontro Nacional sobre o Direito à Comunicação será em Recife


Comunicadores comunitários, pesquisadores, professores, estudantes, representantes de ONGs, grupos da juventude, movimentos sociais e associações de classe de todo o Brasil estarão reunidos entre os dias 9 e 11 de fevereiro, em Recife, Pernambuco, para o I Encontro Nacional sobre o Direito à Comunicação. O evento organizado pelo Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF) acontece no campus da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP).

Voltado para militantes da luta pela democratização da comunicação, o I ENDC tem como objetivo ampliar o debate e a percepção de que a comunicação é um direito humano e que a liberdade de expressão deve ser garantida a todos. Serão realizadas discussões e atividades que abordarão diversos temas, como o marco regulatório das comunicações, a comunicação como direito humano, experiências independentes, comunitárias e contra-hegemônicas de comunicação, uma razão comunicativa descentralizada, dentre outros.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 30 de janeiro através da página http://endc.org.br/ .

Programação Queima da Lapinha – Recife/PE

Sítio Trindade
Nesta sexta-feira 06 de janeiro de 2012, Dia de Reis, você é nosso convidado para participar da tradicional Queima da Lapinha, a partir das 18:00 h, no Sítio Trindade.

Segue abaixo a programação:

18h00 Apresentação do Grupo Guerreiros do Sol Nascente
Queima da Lapinha
Pastoril Estrela Guia do Recife
Pastoril Estrela D’Alva
Pastoril Estrela Guia do Cabo
Pastoril UR – III Ibura
Pastoril Angel – Brasília Teimosa
Pastoril Sol Nascente
Pastoril Tia Nininha
Pastoril Campinas Alegres
Pastoril Estrela do Norte
Bandinha Natalina do Maestro Mendes
Reisado Imperial
Bloco das Flores
Orquestra Vereda Tropical e Grupo de Dança Raízes