segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Ator Rupert Everett não aceita que homossexuais adotem crianças


POLÊMICA »

Assumidamente gay, ator Rupert Everett não aceita que homossexuais adotem crianças .Artista britânico atacou casais do mesmo sexo que constituem famílias através da adoção

Portal Uai - Associados

Aos 53 anos, a opinião de Everett é a mesma de sua mãe: "uma criança precisa de mamãe e papai"

"Não consigo imaginar nada pior do que ser criado por dois pais gays". Apesar de colecionar títulos e homenagens de diversas organizações e grupos de apoio à comunidade LGBT, o ator inglês Rupert Everett não hesitou ao declarar este ponto de vista sobre os direitos dos homossexuais à adoção de crianças. A polêmica foi levantada pelo artista — que assumiu sua homossexualidade em 1989 — em entrevista publicada pelo jornal britânico The Sunday Times no último domingo, 16.

"Algumas pessoas podem discordar de mim. Tudo bem! É apenas minha opinião", ressaltou Everett, que também se preocupou em salientar sua divergência em relação às instituições que militam pelos direitos das minorias sexuais. "Não falo em nome da comunidade gay. Na verdade, eu não me sinto como parte de comunidade alguma", ele enfatizou. "A única comunidade à qual pertenço é a humanidade, e já temos crianças demais neste planeta", destacou o ator de O casamento do meu melhor amigo (1997).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e email que terei o maior prazer em entrar em contato com você.