quinta-feira, 1 de novembro de 2012

V GERES institui Comitê Regional de Combate à Dengue

O Agreste Meridional, mais precisamente os municípios que fazem parte da área de abrangência da V GERES – Gerência Regional de Saúde, com sede em Garanhuns, está implantando seu Comitê Regional de Combate à Dengue. A ação faz parte de uma estratégia de mobilização estadual, que já conta com seu Comitê para todo o estado, de agir mais diretamente com a população, convocando a sociedade para participar, debater as necessidades e elaborar planos de combate que possam ser mais eficazes.

A V GERES fez a convocação de representantes de diversas entidades, que de imediato se colocaram à disposição. “É muito positivo ver as pessoas aceitarem colaborar, para juntos encontrarmos os meios de agir com mais precisão contra a dengue.” – afirmou Dr. Elenílson Liberato, gestor da entidade em Garanhuns, que articula a primeira reunião do Comitê para o início da próxima semana.

O estado de Pernambuco vem apresentando altas taxas de incidência da forma clássica e elevado grau de letalidade nas formas graves da doença, devido a fatores ambientais favoráveis à proliferação e manutenção do vetor, apesar dos esforços do estado e municípios.

O comitê regional será instituído em sua primeira reunião na segunda-feira, dia 05 de novembro, às 14h, no auditório da CODEAM, contará com a presença de autoridades regionais, e representantes da Secretaria de Saúde de Pernambuco.

“Quando nos deparamos com o quadro da dengue em nossa região, alarmante, vimos o quanto o Comitê que está sendo criado é importante e urgente, por isto convocamos a todos para nosso primeiro encontro”, diz Dr. Elenílson Liberato.

O referido comitê tem a finalidade de acompanhar a situação da dengue em toda a região, opinar e contribuir para o envolvimento da sociedade, e com a implantação de medidas intersetoriais, por parte de órgãos e empresas da administração pública e privada, com o objetivo de reduzir os fatores determinantes da infestação do Aedes Aegypti, visando a prevençãoe ao controle da epidemia de dengue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e email que terei o maior prazer em entrar em contato com você.