quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Padre Miracapillo consegue visto permanente no Brasil

Caso Miracapillo
Apesar do visto, o religioso ainda não conseguiu sua transferência junto à Igreja italiana
Do JC Online
Seis meses depois de conseguir o visto provisório e retornar ao Brasil pela primeira vez depois de 31 anos, o padre italiano Vito Miracapillo, extraditado durante a Ditadura Militar, está no Recife para receber seu visto definitivo de permanência no Brasil. Apesar disso, a estada do religioso ainda não é definitiva. Problemas burocráticos dentro da Igreja o impedem de transferir-se definitivamente de Andria, no sul da Itália, para Palmares, de onde foi retirado há 32 anos atrás.
O padre pretende aproveitar a passagem pelo Brasil para se reunir com autoridades eclesiásticas, como o arcebispo de Olinda e Recife dom Fernando Saburido e membros da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil para tentar agilizar sua transferência. “Se dependesse de mim eu já estaria aqui desde janeiro”, revelou o religioso. O que atrapalha a vinda do padre é a dificuldade de conseguir um substituto para suas funções como pároco de Canosa e responsável pelo serviço social da diocese de Andria.
O padre antecipou também que acaba de finalizar um livro que será uma sequência do seu “O caso Miracapillo”. Intitulado provisoriamente de “O caminho de volta”, o livro vai contar a luta do padre para conseguir o direito de voltar ao Brasil e pretende “restabelecer a história” de sua saída em setembro de 1970.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e email que terei o maior prazer em entrar em contato com você.