sábado, 16 de abril de 2011

Obras da Via Mangue em Recife


JC Online




Queiroz Galvão apresenta menor preço para obras da Via Mangue: R$ 319 milhões.


A Prefeitura do Recife negou o recurso da Construtora Mendes Júnior Trading e Engenharia, que questionou a classificação da concorrente, Queiroz Galvão, para a execução da Via Mangue. Agora, se quiser continuar questionando a decisão da administração municipal, terá que recorrer à Justiça. O resultado do julgamento, realizado na quarta-feira, foi publicado quinta (7) pela Empresa de Urbanização do Recife (URB).

A Queiroz Galvão havia sido anunciada como vencedora da licitação para a Via Mangue no dia 23 de março. A URB abriu os envelopes com as propostas das empresas concorrentes. A construtora escolhida apresentou orçamento de R$ 319.842.589,38 para implantar o sistema viário. Já a Mendes Junior ofereceu a 2ª menor proposta (R$ 325.516.664,44). Além delas, participaram também a Camargo Correa (R$ 361.335.475,65) e a Odebrecht (R$ 388.487.870,04).


Esse não foi o primeiro atraso no processo de licitação da Via Mangue. A própria abertura dos envelopes deveria ter acontecido em 18 de março, mas o Tribunal de Contas do Estado considerou alto o valor de referência estabelecido pela Prefeitura do Recife (R$ 418.240.635,66) e orientou que fosse reduzido. O primeiro orçamento apresentado pela prefeitura ao TCE foi de R$ 480 milhões, aproximadamente. Pelas contas do Núcleo de Engenharia do tribunal, a obra deveria custar R$ R$ 332,7 milhões.

A construção da Via Mangue representa a esperança de que os congestionamentos em Boa Viagem diminuam. Financiado com recursos do Orçamento Geral da União, o projeto compreende faixas de rolamento para veículos, calçadas para pedestres e ciclovia. No sentido Centro-Boa Viagem, a via terá 4,75 quilômetros. Serão 4,37 quilômetros no sentido Boa Viagem-Centro. A obra engloba, ainda, a construção de dois elevados, oito pontes (cinco para manutenção do mangue), duas alças de ligação, alargamento da Ponte Paulo Guerra e do Viaduto Capitão Temudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e email que terei o maior prazer em entrar em contato com você.